Doctor with Infant

Nossos Serviços

Nossos exames médicos englobam toda gama de possibilidades dentro de cada aparelho, possibilitando uma análise profunda sobre a sua saúde.

Aqui fazemos uma breve apresentação sobre os tipos de exames, entre

Raios-x, Ultrassom, Mamografia, Densitometria e Ressonância.

x ray icons_edited.jpg

Raios - X

Nome genérico para radiologia, é o exame mais usado na medicina de diagnóstico por imagem para identificar possíveis patologias e/ou lesões nas estruturas internas do corpo. 

Para isso, usa-se pequenas doses de radiação ionizante que não prejudicam na saúde do paciente.
Imagem6.jpg

Raio-x de Abdômen Simples

O QUE É: 

Simples geralmente é solicitado para averiguar detecção de Cálculos Renais, distensões de alças intestinais e outras alterações.

Preparo: Tomar 02 Laxantes e 50 gotas de anti-gases a partir das 21:00 hrs da véspera do exame.
Jejum a partir da 20:00 hrs.

Imagem7.jpg

Raio-x do Abdômen Agudo

O QUE É: é um dos mais completos, pois abrange uma série de órgãos na região, como fígado, rins, intestinos, bexiga e estômago. Ele pode ser solicitado quando o paciente relata dor na região, náusea, diarreia e sangue na urina (hematúria). Também é realizado quando um objeto é engolido

Imagem8.jpg

Raio-x de adenoide (vacum)

O QUE É:  é o exame por imagem mais usado para a avaliação do tamanho da adenoide. Dada a variedade e a complexidade dos métodos de mensuração preconizados, muitos radiologistas preferem a avaliação subjetiva, que pode ser imprecisa e não-acurada. Esta revisão enumera e descreve os diversos métodos de mensuração radiográfica da adenoide propostos na literatura, considerando praticidade, acurácia e precisão, com o objetivo de indicar os mais adequados para a prática cotidiana.

Imagem10.jpg

Histerossalpingografia (Histero ou HSG)

O QUE É: é um raio-x, realizado com contraste que permite verificar possíveis anomalias nas trompas e cavidade uterina, sendo solicitado para pacientes com dificuldades em engravidar.

Imagem9.jpg

Arcos zigomático

O QUE É: é um osso par do crânio humano. Se articula com a maxila, osso temporal, osso esfenóide e osso frontal. Forma parte da órbita e geralmente é referido como o osso da bochecha. Está situado acima e lateralmente na face: forma a proeminência da bochecha, parte da parede lateral e assoalho da órbita, e partes das fossas temporal e infratemporal. Apresenta o forame zigomaticofacial e o processo temporal.

Imagem11.jpg

Raio X da articulação temporomandibular (ATM):

O QUE É:

São realizadas duas radiografias para a análise da ATM, uma é com a boca fechada e a outra com a boca aberta o máximo que o paciente puder, ajuda a avaliar o grau de movimentação e a relação com as estruturas vizinhas.

Imagem12.jpg

Raio-X de Mãos e Punhos para Idade Óssea 

O QUE É: é o exame de imagem que analisa os ossos das mãos e punhos para estimar através do amadurecimento dos ossos, a idade de crianças. 

Imagem13.jpg

Raio-x Panorâmico dos Membros Inferiores 

O QUE É:

têm a propriedade de atravessar, com certa facilidade, materiais de baixa densidade, como o tecido muscular, e serem absorvidos por materiais de densidade mais elevada, como o cálcio, presente nos ossos do corpo humano.

Imagem14.jpg

Fistulografia

O QUE É:

com a aplicação de um contraste iodado que permite observar fístulas (conexões anormais entre os órgãos) que aparecem devido a uma série de fatores, de malformações a outras patologias.

As fístulas se desenvolvem, por exemplo, entre a pele e o ânus, entre vagina e reto, etc.

Imagem17.jpg

Esôfago-Estômago-Duodeno (REED)

O QUE É: exame contrastado que avalia o tamanho, a forma e a funcionalidade do esôfago, estômago e uma porção do intestino delgado. É indicado principalmente em casos de distúrbios digestivos (como refluxo gastroesofágico ou vômitos).

Imagem16.jpg

A Dacriocistografia (DCG)

O QUE É: é um exame radiológico contrastado das vias lacrimais e está indicado nos pacientes que apresentam lacrimejamento excessivo e persistente. É realizado por médico oftalmologista com conhecimento clínico e cirúrgico nas patologias das vias lacrimais

Imagem15.png

Enema Opaco 

O QUE É: é um procedimento que avalia o intestino grosso (cólon) e o reto. O exame é indicado para pesquisa de megacôlonico, constipação crônica, sangramento nas fezes, doença inflamatória intestinal (retocolite ulcerativa e doença de Chron).

Imagem18.jpg

Pielografia

O QUE É:  É um exame não funcional do sistema urinário, durante o qual o meio de contraste é introduzido diretamente no sistema pielocalicial através de cateterização, por um urologista. A Urografia Retrógrada é não funcional, pois os processos fisiológicos normais do paciente não estão envolvidos no procedimento. É feita após introdução cistoscópica retrógrada de cateteres ureterais e a injeção de material de contraste.

 Este procedimento é indicado em pacientes com obstrução ou disfunção renal, nos quais o sistema coletor da pelve renal e os ureteres têm de ser examinados. Proporciona melhor visualização de pequenas falhas de enchimento pelo material de contraste da pelve renal e dos ureteres. É possível visualizar diretamente as estruturas internas de um ou ambos os rins e ureteres.

Imagem20.jpg

Ductografia 

O QUE É: é um exame de imagem que combina a mamografia e o raio-X à aplicação de contraste, que permite melhor visualização de determinadas estruturas da mama.

Imagem23_edited.jpg

SIALOGRAFIA:

 O QUE É: É o estudo radiológico por meio de contraste iodado das glândulas salivares, parótidas e submandibulares. Esse exame consiste na punção de um cateter do tipo asa de borboleta (Scalp) no ducto da glândula, sendo previamente dilatada com suco de limão ou éter para ajudar na salivação.

Imagem21.jpg

Trânsito Intestinal

O QUE É:  é um procedimento que avalia todos os segmentos do intestino delgado até o início do grosso. Pode ser realizado para avaliar a morfologia do intestino e a sua funcionalidade. Este exame é indicado em caso de doença inflamatória intestinal (doença de Chron, retocolite ulcerativa), diarreia e constipação. O exame é realizado por meio do uso de fluoroscopia e um agente de contraste (bário) tomado pela boca. Esse exame não requer preparo, apenas jejum de 12 horas.

Imagem21.jpg

Trânsito Colônico 

O QUE É: é um exame simples que permite a avaliação da motilidade colônica. A principal indicação deste exame é a constipação intestinal crônica grave em pacientes nos quais outras patologias intestinais, causadoras de constipação, já foram descartadas.

Imagem25.jpg

Uretrocistografia 

O QUE É: é um exame radiológico que estuda o formato e o funcionamento da uretra e da bexiga. O exame combina a tecnologia de raios X com a aplicação de um contraste iodado na uretra para a obtenção de imagens desses órgãos em repouso e durante a micção.

Uretrocistografia De Criança avalia o tamanho e a forma da bexiga e da uretra, que é o canal de onde sai a urina. Este procedimento é indicado principalmente para pesquisar se uma criança tem refluxo vesicoureteral – uma condição em que a urina da bexiga volta para cima, em sentido inverso, muitas vezes, até o rim. Outras indicações são distúrbio miccional e estenose uretral (válvula de uretra posterior).O exame é realizado por meio do uso de fluoroscopia e um agente de contraste introduzido por uma sonda na bexiga. É realizado em crianças de todas as idades.

 

Urografia Excretora é feita com o indivíduo deitado de barriga para cima e sem anestesia, sendo que é feito um raio-x abdominal antes do início do exame. Depois, é injetado um contraste iodado na veia que é rapidamente eliminado pela urina, permitindo observar todo o trato urinário desde os rins até à uretra.

Imagem24.jpg

Raio-x de Tórax com laudo 

O QUE É:

serve para estudar a anatomia de uma ou mais estruturas presentes na região torácica, a exemplo do coração, costelas e pulmões e investigar possíveis patologias. Enquanto o exame em si colhe registros internos do tórax, o laudo médico revela se existe alguma anormalidade nas imagens.

Posições:(PA) (PA+P) (PA+OBL) (PA+P+OBL) (PA+OAD+OAE) (PA+P+OAD+OAE) (LORDÓTICA) (PA INS+EXP)

Imagem26.jpg

Hemitórax 

O QUE É: é o termo usado para indicar uma das metades (hemisférios) do tórax, esquerdo ou direito. Referidos como Hemitórax D ou Hemitórax E.

Imagem27.jpg

Raio-X de Antebraço 

O QUE É: é um exame de imagem do membro superior e inclui cotovelo e punho.

Imagem29.jpg

Raio-x de Joelhos (Direito e Esquerdo) 

O QUE É: é um exame que serve para auxiliar o Médico no diagnóstico de diversas patologias (ou doenças). O RX do joelho está indicado em casos de dor no joelho, traumas, instabilidades (“o joelho falha”), défices de extensão, deformidades, entre outros sinais e sintomas.

Posições:(AP+P) (AP+P+AXIAL) (AP+P+O+3AX) (AP+P+TÙNEL VIEW)

Imagem28.jpg

Raio-x de Articulação Acrômio-Clavicular (Direito e Esquerdo) 

O QUE É:

Busca observar em detalhe a articulação acromioclavicular, uma das articulações do ombro; mais precisamente a articulação entre a clavícula e a escápula.

O exame pode ser realizado bilateralmente, ou apenas de um lado, dependendo do motivo da solicitação médica para o exame.

Imagem30.jpg

Raio-X de Articulações Sacroilíaca 

O QUE É:

avalia a articulação sacroilíaca, que está localizada na região do quadril do paciente. São feitas imagens da articulação sacroilíaca do paciente em diferentes ângulos, como de frente e de perfil, por exemplo.

Imagem43.jpg

Raio-x da Mão (Direita e Esquerda)

O QUE É:

 tem indicação sobretudo nos casos de traumas, em que há suspeita de fratura de alguma estrutura óssea, e quando existe dor na mão ou limitações de movimento, para avaliar a presença de problemas a nível ósseo. Tem também indicação na avaliação inicial de lesões tumorais ósseas.

Posicões:(AP+OBL) (AP+P+OBL)

Imagem33.jpg

Raio-X de Bacia

O QUE É: 

Panorâmico é um exame de imagem da pelve, conhecida como bacia, região entre o tronco e os membros inferiores. Esta radiografia oferece imagens mais detalhadas. O exame usa radiação ionizante, portanto é contraindicado para gestantes pois, mesmo não sendo invasivo, pode afetar a saúde materna e fetal.

Posições:(AP) (AP+RÃ) (Rã) (AP+FERGUNSON) (DUNN DUCROQUET) (IN-LET/OUTLET)

Imagem32.jpg

Raio-x de Ombros (Direito e Esquerdo)

O QUE É:

usualmente designada como raio-X (RX) do ombro é um exame de diagnóstico por imagem que usa radiação X, permitindo avaliar esta estrutura anatómica, principalmente em contextos de dor, traumas, luxações, etc..

Imagem34.jpg

Raio-x Braço (membro superior)

O QUE É:

 É um exame de diagnóstico que utiliza a radiação ionizante para produzir imagens e, desta forma, permitir ao médico diagnosticar diversas patologias (doenças). O exame também serve para avaliar a resposta a possíveis tratamentos instituídos, ou seja, permite após o diagnóstico e instituição de tratamentos (médicos ou cirúrgicos), perceber a evolução da patologia.

Imagem36.jpg

Raio-X de Ossos da Face (Mn + Lateral + Hirtz) 

O QUE É: é um exame de imagem para identificar patologias na região da face ou acompanhar tratamentos

Imagem44.jpg

Raio-x do pé (Direito e Esquerdo)

O QUE É: É um exame muito importante no diagnóstico de diversas patologias (doenças), usado frequentemente na presença de alguns sinais e sintomas sendo os traumas e a dor no pé.

Imagem37.jpg

Raio-x de Calcâneo (Direito e Esquerdo)

O QUE É:  

exame permite observar, além de fraturas, processos como o esporão, alterações degenerativas resultantes de condições como artrite e artrose, processos inflamatórios, tumores e até mesmo objetos estranhos que podem se alojar nesse osso.

Imagem45.jpg

Raio X do Crânio (cabeça)

 O QUE É: é um exame ou meio complementar de diagnóstico e terapêutica (MCDT) que serve para avaliar esta importante região e, desta forma, diagnosticar diversas patologias (doenças). Como principais indicações, podemos mencionar a exclusão de fraturas do esqueleto facial, mandíbula ou órbita, como parte de protocolos específicos (por exemplo mieloma múltiplo) ou identificação de corpo estranho metálico.

Posições (AP+P) (AP+P+T) (PA+LAT+OBLÌQUA OU BRETTON-HIRTZ)

Imagem39.jpg

Raio X De Tornozelo (Direito e Esquerdo) 

O QUE É:

Exame que avalia particularmente o osso principalmente em contextos de traumas, fraturas ou “ossos partidos”, luxações ou “fora do sítio, processos degenerativos(artroses),etc. O tornozelo é a conexão entre o pé e a parte inferior da perna. O tornozelo inclui duas articulações: articulação tíbio-társica na parte superior e articulação talotarsal na parte inferior que, em conjunto, permitem os movimentos.

Imagem32.jpg

Raio-X de Escápula ou (Ombro) 

 

O QUE É:  é possível avaliar os ossos omoplata ou escápula, permitindo o diagnóstico de fraturas, fissuras e processos inflamatórios nas estruturas ao redor destes ossos, como tendinite.

A artrite e artrose, além de lesão do músculo romboide, são outras patologias estudadas com o Raio-X de Omoplata ou Escápula.

Imagem38.jpg

Escanograma (MMII) 

O QUE É:

 é possível mensurar o corpo do paciente em detalhe, observando o tamanho de seus membros, como braços e pernas, e comparar as medidas entre os lados do corpo.

Exames de Ultrassom

Exame realizado com um transdutor que emite e capta ondas sonoras capazes de formular imagens dos órgãos internos.
Os resultados podem ser tanto em imagens 3d quanto em 2d.
457097703_wide.jpg

Ultrassonografia Articular de Quadril (Coxofemoral)

 

O QUE É:

 é indicada para recém-nascidos quando, após o exame físico, há suspeita de displasia articular de quadril. Com diagnóstico e tratamento precoce, a evolução tende a ser boa.

 

 

Ultrassonafia das carótidas com Doppler

 

 O QUE É:  é um dos melhores exames para avaliar o problema. "Trata-se de um procedimento rápido e indolor que evidencia o espessamento da artéria carótida. O resultado costuma ser usado como referência da doença vascular.

Ultrassonografia Cervical,

 

avaliamos a região da coluna cervical, pescoço e estruturas como tireoide, glândulas parótidas, linfonodos, músculos do pescoço e gânglios. Assim, é possível detectar grande variedade de alterações, como nódulos e cistos, oclusões e inflamações.

 

 

Ultrassonografia de Testículos

 

 O QUE É: é um exame usado para a obtenção de imagens dos testículos e áreas vizinhas da bolsa escrotal (escroto). Também é chamado de ecografia ou ultrassonografia. Um ultrassom de testículos pode ainda ser chamado de ecografia de testículo ou ultrassom escrotal.

 

 

Ultrassonografia de Cotovelo 

 

O QUE É:  é possível estudar problemas como inflamações nos tendões e nas articulações, desgastes nos ossos e também rupturas nos tendões. Poderá ser usado também para acompanhamento após tratamento clínico ou cirúrgico.

 

Ultrassonografia da Tireoide

O QUE É: é o exame de imagem que pode ajudar a detectar e diagnosticar tais anomalias. Esse tipo de ultrassom da cervical serve para diagnosticar lesões focais (nódulos), tanto benignos quanto malignos, e avaliar linfonodos (gânglios) e glândulas salivares

Ultrassonografia de Tireoide Com Doppler

O QUE É:  conseguem avaliar as características de fluxo sanguíneo através de sua movimentação relativa em relação ao observador. O Doppler na ultrassonografia da tireoide tem a função de avaliar o suprimento sanguíneo que chega até a glândula assim como a vascularização de lesões focais

 

 Ultrassonografia de Crânio

O QUE É:  permite a observação de estruturas localizadas no interior do cérebro. Com isso, pode-se diagnosticar os pacientes com tumores e nódulos; malformações; inflamações; além de diagnosticar e fazer o acompanhamento de hidrocefalia e hemorragia em recém-nascidos e correlacionar com a possibilidade de sequelas neurológicas.

 

 

Ultrassonografia do Tornozelo

 O QUE É: é um exame não invasivo que avalia a presença de derrame articular, tendinopatias e rotura do tendão do calcâneo (Aquiles), fibulares, tibiais, extensores e flexores, bem como bursite retro-calcaneana, lesões ligamentares, presença de cistos e tumores.

Ultrassonografia de Órgãos e Estruturas Superficiais

O QUE É:  é um procedimento não invasivo, utilizado para investigação de traumas, malformações, processos inflamatórios e tumorais em órgãos e estruturas mais superficiais como mamas, tireóide, glândulas salivares, linfonodos cervicais, parede abdominal, tendões, músculos, ...

 

Ultrassonografia Ginecológico

 O QUE É:  é um exame não é invasivo utilizado para a avaliação dos órgãos reprodutivos femininos, incluindo o útero, os ovários e o colo uterino.

 

Ultrassonografia Transvaginal para Controle de Ovulação (3 ou mais Exames)

O QUE É:  Trata-se de exames de ultrassom transvaginal que são realizados durante um mesmo ciclo menstrual para permitir que o médico descubra o dia exato de ovulação da paciente.

 

Ultrassonografia Transvaginal (USG TV)

O QUE É:  é um complemento do exame de Ultrassonografia Pélvica (USG P). Como o fundo da vagina fica mais próximo dos órgãos genitais internos, ele permite um melhor contato e possibilita avaliá-los com maior precisão, o que não acontece com o exame de USG P. O USG TV é feito com uma sonda especial, que é envolta com preservativo para proteger a mulher e evitar contaminações.

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Ultrassonografia Transvaginal Com Doppler

O QUE É:o exame é feito através de uma versão adaptada do ultrassom, em que o transdutor é inserido na vagina, e permite visão mais clara e desobstruída das estruturas da pelve na mulher.

 

Ultrassonografia Obstétrica

O QUE É:  é um exame extremamente importante para acompanhar o desenvolvimento do bebê durante o período gestacional. Utilizando a emissão de ondas sonoras, ele permite a formação de imagens para analisar embrião e feto.

 

Ultrassonografia Obstétrica com Doppler Colorido

 O QUE É: é possível detectar inúmeras condições causadas por problemas de fluxo sanguíneo entre placenta e bebê. Entre elas, doenças da placenta e de suas artérias, o crescimento e desenvolvimento lento do feto por conta de um fluxo sanguíneo reduzido e também condições de funcionamento do coração do bebê e veias localizadas em sua cabeça.

 

Ultrassonografia Obstétrico Com Transluscência Nucal

 O QUE É:  é uma medida na nuca do feto. Dependendo do resultado obtido, indica que o feto pode apresentar alguma malformação, como Síndrome de Down. O exame de Ultrassonografia Obstétrica com Translucência Nucal deve ser feito entre a 11ª e a 14ª semana de gestação.

 

Ultrassonografia De Abdômen Total

O QUE É:  é o exame realizado para identificar alterações no abdômen, que utiliza ondas sonoras de alta frequência para visualizar órgãos internos, como fígado, vesícula biliar, pâncreas, baço, rins, útero, ovário e bexiga.

Preparo: Na véspera do exame às 21hrs, tomar 50 gotas de anti-gases. A partir desse horário, jejum absoluto até de água. No dia,1 hora antes, esvaziar a bexiga e em seguida, tomar aos poucos,4 copos e água.

*Criança: Tomar anti-gases conforme a bula 5 horas antes do exame, jejum absoluto a partir desse horário. Encher a bexiga conforme a capacidade do paciente.

 

Ultrassonografia de Abdômen Total Com Doppler

O QUE É: tem como objetivo observar veias e artérias, sendo possível diagnosticar ou descartar diversas hipóteses como pancreatite, pedras nas vesículas e rins, cirrose e esteatose hepática.

Preparo: Na véspera do exame as 21hrs, tomar 2 laxantes e 50 gotas de antigases. A partir desse horário, jejum absoluto até de água. O intestino tem que funcionar até o horário do exame.

 

Ultrassonografia de Aorta Abdominal

O QUE É: é um exame que avalia: Fígado, Pâncreas, Vesícula Biliar, Vias Biliares, Baço, Rins, Aorta e Veia cava inferior.

Preparo: Na véspera do exame as 21hrs, tomar 2 laxantes e 50 gotas de antigases. A partir desse horário, jejum absoluto até de água. O intestino tem que funcionar até o horário do exame.

Ultrassonografia de Aparelho Urinário (UAU)

O QUE É: é um exame geralmente indicado para avaliar a saúde dos rins e bexiga. Outras estruturas pélvicas também podem ser avaliadas durante esse exame, como a próstata nos homens, por exemplo. A ultrassonografia do aparelho urinário pode ser solicitada na investigação de: Dor, Cálculos Renais, Hematúria, Insuficiência Renal, Trauma, Infecções Do Trato Urinário, Incontinência e outas alterações na função da bexiga.

Preparo:  Na véspera do exame as 21hrs, tomar 2 laxantes e 50 gotas de anti-gases.

No dia ,1:30 antes, esvaziar a bexiga e em seguida, tomar aos poucos,6 copos de água.

Se exame for feito à tarde: Tomar 50 gotas de anti-gases 6 hrs antes do exame.1:30 antes, esvaziar a bexiga e em seguida, tomar aos poucos, 6 copos de água.

 

Ultrassonografia de Parede Abdominal

O QUE É: além de hérnias abdominais e inguinais, podemos estudar nódulos, tumores e abcessos na parede abdominal. Calcificações, inflamações e edemas nos músculos, também visualizados com a ultrassonografia da parede abdominal.

 

Ultrassonografia de Próstata (Via Abdominal ou Supra Púbica)

 

O QUE É: é solicitado para identificar e/ou avaliar lesões ou alterações nessa região, como: Cistos, Inflamações, Tumores, Traumas e cálculos.

Preparo: 1:30 antes do exame, esvaziar a bexiga e em seguida, tomar aos poucos,6 copos de água.

Ultrassonografia Abdômen Superior

O QUE É: é indicada para avaliar o fígado, a vesícula biliar, as vias biliares, o baço, a aorta e o pâncreas de forma parcial. Regiões como o estômago, bexiga e rins não contam com avaliação certa neste caso.

Preparo: Na véspera do exame as 21 horas, tomar 50 gotas de antigases. A partir desse horário, jejum absoluto até de água.

 

Ultrassonografia do Hipocôndrio Direito

 

O QUE É: são para detectar doenças como: gordura no fígado, cálculos na vesícula biliar, pólipos, nódulos, cistos, abcessos, câncer, etc.

Preparo: Na véspera do exame as 21 horas, tomar 50 gotas de antigases. A partir desse horário, jejum absoluto até de água.

 

Ultrassonografia de Abdome Inferior Feminino (Bexiga, Útero, Ovário e Anexos)

 

O QUE É: pode ser indicado tanto para crianças quanto para adultos. Este exame pode ser solicitado para pacientes com queixa de dor abdominal e pélvica, menstruação anormal, sangramentos fora do período da menstruação, dentre outros.

Preparo: 1:30 antes, esvaziar a bexiga e em seguida, tomar aos poucos,6 copos de água.

Ultrassonografia de Abdome Inferior Masculino (Bexiga, Próstata e Vesículas Seminais)

O QUE É:forma de estudo das estruturas na porção inferior do abdome masculino  em busca de alterações.

É possível identificar doenças como aumento da próstata ou tumores, e outras doenças da próstata, além de pedras na bexiga e ureteres, e problemas nas vesículas seminais, que podem estar relacionados à infertilidade masculina. Preparo: 1:30 antes, esvaziar a bexiga e em seguida, tomar aos poucos,6 copos de água.

 

Ultrassonografia De Doppler de Cervical

O QUE É: avaliamos a região da coluna cervical, pescoço e estruturas como tireoide, glândulas parótidas, linfonodos, músculos do pescoço e gânglios. Assim, é possível detectar grande variedade de alterações, como nódulos e cistos, oclusões e inflamações.

 

Ultrassonografia De Doppler de Artérias Penianas sem Fármaco-Indução

 O QUE É: é um dos mais utilizados para avaliar a disfunção erétil, permitindo que se observe como o sangue chega ao pênis, sua distribuição e a presença de alterações.

 

Ultrassonografia de Glândulas Salivares

 

O QUE É:  é um exame de primeira linha no estudo das glândulas salivares, que possibilita boa avaliação dos lobos superficiais da parótida e submandibular, permitindo também boa distinção entre massas intra ou extra-glandulares. O exame pode ser solicitado quando há sinais e sintomas, como dor, alterações do paladar, boca seca (xerostomia), entre outros.

 

Ultrassonografia De Doppler Colorido de Órgão ou Estrutura Isolada

 

O QUE É:  é um complemento da ultrassonografia que permite a detecção e avaliação de estruturas em movimento, em especial do fluxo sanguíneo.

 

Ultrassonografia de Joelho

 

O QUE É:  é um exame de imagem que ajuda no diagnóstico de múltiplas patologias, bem como a avaliação da resposta a tratamento. É o exame de primeira linha quando suspeitamos de patologias nos músculos ou tendões.

 

Ultrassonografia De Mamas

O QUE É:  permite que o médico análise de maneira mais profunda o tecido mamário e, assim, obtenha informações sobre alterações de densidade, cistos e nódulos que possam existir nas mamas.

 

Ultrassonografia Artérias Renais Com Doppler

 

O QUE É:  desde sua origem na aorta abdominal até o rim, procurando identificar áreas de estenose nestes vasos.

 

Ultrassonografia Doppler de Carótidas e Vertebrais

O QUE É:  é um exame complementar de diagnóstico que utiliza os ultrassons para estudar, em tempo real, a anatomia e circulação nas artérias carótidas e vertebrais (que fornecem sangue para o cérebro).Destina-se ao estudo do estado da parede arterial (pesquisa de estenoses por placas de aterosclerose), mas também avaliação do fluxo de sangue nas artérias carótidas e vertebrais, auxiliando no diagnóstico de doença aterosclerótica, aneurismas, angulações, dissecções, artrites e outras afecções que podem acometer as artérias carótidas e vertebrais.

 

Ultrassonografia de Músculos e Tendões

O QUE É: é indicado nos casos de dores crônicas e agudas, suspeita de processos inflamatórios e rupturas dos tendões. A ultrassonografia avalia as articulações (ombro, cotovelo, braço, antebraço, punho, mão, quadril, coxa, joelho, perna, tornozelo e pé).

 

Ultrassonografia de Doppler de Membro Inferior (direito e esquerdo)

O QUE É:  é possível estudar uma série de condições capazes de afetar a circulação sanguínea do paciente, como malformações, oclusões (entupimentos), a qualidade das paredes das veias e a função das válvulas presentes nas veias.

 

Ultrassonografia Doppler de Órgão ou Estrutura Isolada

O QUE É: é um complemento da ultrassonografia que permite a detecção e avaliação de estruturas em movimento, em especial do fluxo sanguíneo.

 

PAAF da tireoide (Punção)

 

O QUE É: é o melhor exame para determinar se um nódulo de tireoide é benigno ou maligno, o que é uma informação essencial para determinar o tipo de tratamento que deve ser realizado a seguir.

Mamografia

Exame focado para o diagnóstico das mamas com  a finalidade de identificar Câncer na região.
Para isso, usa-se pequenas doses de raios ionizantes para formular a imagem do tecido orgânico
ucm634254.jpg

Mamografia Digital.

Permite o estudo das mamas e regiões axilares. 
 

O QUE É: Exame focado para a região das mamas. 

 

PARA QUE SERVE: Diagnostica-se nódulos e microcalcificações na fase inicial, funcionando como o “melhor método para a prevenção do câncer de mama” 


Magnificação 


O QUE É: é uma compressão adicional às incidências habituais da mamografia. Utilizamos a magnificação principalmente quando queremos ver melhor uma área de microcalcificações, permitindo ver melhor o formato dessas calcificações. 
 

Obs: calcificação é quando há acúmulo de cálcio em tecidos moles. 

Little Boy Playing Doctor